VIAGEM AO PASSADO: A torre torta da Igreja da Penha e a Serra Talhada de 1938

Por Paulo César Gomes

Esta rara foto traz informações que precisam ser detalhadas. Apesar da qualidade não ser das melhores, a fotografia é provavelmente do ano de 1938, ou de anos antes. No fundo da imagem é possível perceber que a Igreja Matriz da Penha estava em construção, no entanto, a torre foi erguida de forma torta.

Segundo texto do então Padre Jesus García Riaño, para a Revista Destaque Sertão Social, publicada em 1980, a torre torta foi demolida e reconstruída “sob as orientações técnicas do mestre construtor Josa Padilha “.( Revista Destaque Social. Serra Talhada. Gráfica O Sertanejo. 1980. P.26).

A imagem registra um importante evento na cidade. Provavelmente uma procissão, ou outro evento religioso, com saída da porta da Igreja.

Nas proximidades do Fórum, atual Casa da Cultura, é possível perceber alguns carros estacionados, não se sabe se seriam de moradores da cidade, ou de autoridades que visitavam a então Villa Bella.

A presença de vários animais pelas praça chamam atenção. A dúvida é se nesse dia estava sendo realizada a feira livre da cidade, que historicamente sempre foi segmentada: Feira de roupas, animais, do peixe, da farinha…

Uma aglomeração em frente ao ponto comercial a esquerda também merece destaque. Esse ponto provavelmente foi um dos que pertenceram ao coronel Cornélio Soares. De forma geral, a imagem deixa impressão de um cidade desorganizada, sem saneamento e com pouca higiene ambiental.

Deixe seu comentário