VIAGEM AO PASSADO: Seu Olímpio, o farmacêutico que ‘manipulou’ o Direito

Por Paulo César Gomes, professor e escritor

Olímpio Menezes Leal nasceu em 01 de abril de 1905, em Floresta (PE). Aos 16 anos de idade foi morar em Princesa Isabel (PB). Posteriormente mudou-se para Serra Talhada. Na cidade exerceu por muitos anos a profissão de farmacêutico.

E em uma época em que não existiam médicos na região Seu Olímpio Menezes, como ficou conhecido, realizava consultas, prescrevia receitas e até, em alguns casos, fazia partos quando a vida da gestante corria perigo.

Foto da farmácia de Lima Pacheco que posteriormente veio a se torna de Seu Olímpio Menezes Leal

 

Além do exercício da farmacologia, também desempenhou com maestria as atividades de rábula – era o advogado que, não possuindo formação acadêmica em Direito (bacharelado), obtinha a autorização do órgão competente do Poder Judiciário (no período imperial), ou da entidade de classe (primeiro do Instituto dos Advogados e a partir da década de 1930 da OAB), para exercer, em primeira instância, a postulação em juízo.

Ele atuava em causas cíveis, trabalhistas e criminais. Em função da sua habilidade em “manipular” a arte do Direito, o seu trabalho era enaltecido pela população e respeitado por juízes e promotores que trabalharam na comarca de Serra Talhada.

Rascunho de um oficio direcionado a prefeitura de Serra Talhada – 1959

Olímpio Menezes, além dessas grandes qualidades, era também um grande esposo, pai, avô e bisavô, uma grande figura humana, dotado de grandes virtudes, o que o caracterizava como um sertanejo honrado sobre todos os aspectos. O seu modo de ser, correto e austero, deve servir de exemplos a todos aqueles que desejam seguir o caminho do bem e da honradez.

Seu Olímpio faleceu no dia 1º. de maio de 1989, e no dia seguinte, o então deputado estadual Argemiro Pereira, apresentou na Assembleia Legislativa um voto de pesar pelo seu falecimento. Posteriormente, ele foi homenageado pela Câmara Vereadores quando da aprovação do Projeto de Lei que denominou a principal rua do bairro da Caxixola de Avenida Olímpio Menezes Leal.

Requerimento assinado por Seu Olímpio endereçado ao Padre José Kehrle – Vila Bela 1932

P.S.: Documentos gentilmente cedidos por Olímpio Menezes Leal Neto

2 Comentários “VIAGEM AO PASSADO: Seu Olímpio, o farmacêutico que ‘manipulou’ o Direito

  1. Bacana esse seu avô Olímpio. Sem dúvidas, prestou muitos serviços essenciais e fundamentais ao povo de Serra talhada e, com certeza, de toda a região. Foi o farmacêutico, o médico, o advogado, obviamente, o conselheiro, o homem que deu assistência geral a toda a comunidade.
    Com certeza, a pessoa que mais trabalhou, até hoje, pelas pessoas de Serra Talhada.
    Grande homem.

  2. Grande homem e cidadão que pelas suas qualidades deixou sua marca na história de Serra Talhada como grande farmacêutico de sua época! 👏🏻👏🏻👏🏻

Deixe seu comentário