Um recardo a Bolsonaro e aos seus seguidores: “as minorias têm que se curvar para as maiorias”

Por Paulo César Gomes, professor, escritor, pesquisador, mestre pela UFCG e colunista do Farol de Notícias
“As minorias têm que se curvar para as maiorias”, essa frase foi dita pelo então candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a campanha de 2018.
A frase se refere às minorias de grupos religiosos e de questões de gênero. No contexto atual, essa frase cai muito bem no sentido de colocar o presidente e seus fanáticos seguidores, que de forma irresponsável não aceitam as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que orienta que o melhor remédio para combater o avanço destruidor do coronavírus, que é o isolamento social, determinação que é aprovada por mais de 76% dos brasileiros, ou seja, a minoria bolsonarista tem que se curvar a maioria da população do país.
Bolsonaro diz que o coronavírus é uma “gripezinha’, mas ele e os integrantes da sua “seita ideológica” não conseguem enxergar que “a gripezinha” já matou mais 100 mil pessoas no mundo em pouco mais de dois meses.
No Brasil, em menos de um mês, já morreram mais de mil pessoas, e infelizmente a tendência é que mais mortes aconteçam. E muitas dessas mortes ocorridas no Brasil, os fatos e a história, eram para cair no colo de Bolsonaro e dos seus lunáticos seguidores. Será que a cloroquina vai salvar a vida de todos os doentes do Covid-19? Será que vão divulgar o número de doentes que morreram sendo tratados com a cloroquina de Bolsonaro?
FALTA CORAGEM A BOLSONARO
 
Enquanto o brasileiro busca confeccionar suas próprias máscaras para se proteger do Covid-19, o presidente faz ‘showzinhos’ em farmácias e padarias de Brasília. Quero ver é ele ter coragem de visitar as UTIs e corredores de hospitais para conhecer a realidade dos doentes e das pessoas de quem de fato está enfrentado o vírus cara a cara.
Nesse sentido, Bolsonaro é um frouxo, um covarde, fala, fala, fala… mas na hora da verdade, se esconde por detrás da sua seita. Enquanto têm governadores e prefeitos tentando construir hospitais de campanha para salvar vidas – lembrando que essas obras geram empregos e salvam vidas -, Bolsonaro sai pelas ruas fazendo ‘selfies’.
Aos bolsonaristas eu digo: se escondam que a China está planejando ressuscitar Karl Max, e junto com ele pretende tornar um mundo capitalista. Os chineses também já bolaram com esquerdopatas brasileiros visando ressuscitar Luiz Carlos Prestes, e depois vão dar início a ocupação comunista, através da reedição da Coluna Prestes, um dos destinos previstos é o município de Serra Talhada, e outras cidades vizinhas. Então galera bolsonarista, fica em casa, não saiam de suas residências, os sons das cornetas comunistas se aproximam!
Às pessoas serenas e lúcidas eu digo: fiquem em casa! Quanto mais tempo ficaremos em nossas casas, mas cedo voltaremos a nossa vida cotidiana. Logo, logo voltaremos as nossas atividades sociais e econômicas.
Os recursos existentes no mundo, sejam alimentícios e financeiros, são suficientes para abastecer a humanidade por décadas, e no Brasil não é diferente, e em Serra Talhada também não. Sair de casa hoje significa dizer que você poderá ter a infelicidade de ser encontrado pelo vírus e ainda levar para casa e contaminar muitas pessoas. Não queira se encontrar com a doença e nem propagar o mal a outras pessoas. Seja do bem, pensa na sua família e no seu próximo!

Deixe seu comentário