• Home
  • /
  • Destaques
  • /
  • OPINIÃO: Muita gente está colocando a população de Serra Talhada nos braços da morte

OPINIÃO: Muita gente está colocando a população de Serra Talhada nos braços da morte

Paulo César Gomes, professor, escritor, pesquisador, mestre pela UFCG e colunista do Farol de Notícias

Durante a coletiva de imprensa realizada na última segunda-feira (11) o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, fez a seguinte declaração: “Teremos consequências ruins essa semana”. O prefeito não disse isso em vão, e ele melhor do que ninguém sabe o quanto alguns serra-talhadenses têm andado em direção ao contágio do covid-19.

A verdade é que um pequeno grupo não está nem ai para as consequências nefastas do vírus. Por essa razão preferem mover as barreiras montadas com ‘gelo baiano’, andar em grupo e sem máscaras, a jogar baralho e dominós nas esquinas da cidade, a camuflarem o funcionamento do seu comércio, simplesmente ignoram a existência do coronavírus.

Esse pequeno grupo, de alguma forma, está dando um péssimo exemplo para a sociedade, e o pior, para os seus filhos, para os seus pais, para os seus familiares e amigos.O resultado dessas e de diversas outras ações resultaram na confirmação do que previu Duque, talvez até mais rápido do que ele imaginava. O fato é que em menos de 48 horas a cidade passou de 18 casos para 36, ou seja, um aumento de 100% dos casos de contágio. E o pior: a tendência é que os casos aumentem nos próximos dias. Mas é verdade que temos 120 casos descartados e 28 pessoas recuperados.

A grande questão no momento é se o serra-talhadense vai parar e ficar em casa? Ou vai ao encontro do covid-19 para se contaminar e contaminar os outros? A grande maioria vai agir de forma consciente em ficar em casa? Nesse momento não adianta apenas reclamar do Hospam, do governo municipal ou dos chineses. Essa é a hora da verdade. É a hora de sermos responsáveis e agirmos pensando no futuro. No futuro da sua família e de milhares de pessoas.

Débitos podem ser renegociados, parcelados e por fim pagos, mas a vida não há como recupera-la. Uma vez perdida, perdida para sempre. E ainda que a pessoa sobreviva ao vírus, poderá ter antes que enfrentar uma verdadeira epopeia em um leito de um hospital.

Ficar em casa não é só mais uma escolha, é uma necessidade! Seja consciente, seja racional! Fique em casa. Dê a sua contribuição para que a nossa cidade possa vencer a guerra contra o coronavírus. E em breve tudo vai passar e você terá muitas razões para comemorar!

Deixe seu comentário